Cinco motivos para usar tecnologia na sala de aula

Mesmo com todos os avanços dos últimos anos, o uso da tecnologia na sala de aula ainda é polêmico. Muitos professores são resistentes e escolas também, inclusive proibindo o uso de qualquer aparelho celular ou tablet. Já muitas das que são adeptas ainda não encontraram um equilíbrio, uma fórmula de sucesso que integre alunos, professores, pais e escola em prol do desenvolvimento do aluno como cidadão. Mas então, por que e como usar a tecnologia a favor da educação?

Google cria plataforma Sala de Aula

Empresas de tecnologia passam a voltar suas atenções para o setor de educação. Depois de um longo período de testes, o Google liberou uma plataforma direcionada a alunos e professores, o Sala de Aula. O software reúne outros serviços, tais como o Google Drive, Hangout e Docs,os quais a companhia já dispõe, e tem o intuito de facilitar e organizar a vida dos educadores, além de deixar a forma de aprendizado mais interessante para os estudantes. Para ter acesso à plataforma, o usuário precisa ter o Google Apps for Education. Também deve estar vinculado a a uma instituição de ensino que possua uma conta no serviço do Google.

Tecnologia na educação

O desenvolvimento da tecnologia é um processo irreversível e existe para facilitar os rumos da vida moderna. Como pensar em um mundo melhor sem os avanços da medicina, sem as descobertas da ciência, sem os progressos nas telecomunicações? A revolução tecnológica do século 21, relacionada à produção de chips, nanotecnologia e robótica, trouxe à sociedade as maravilhas do mundo digital, incorporados nos laptops, smatphones, tablets e demais aparelhos que fazem a cabeça das gerações Y e Z. Apesar dos conhecimentos tecnológicos já disponíveis, a educação ainda caminha a passos lentos para absorver os benefícios possíveis da alta tecnologia. Ainda são poucas as escolas, principalmente da rede pública, que utilizam computadores ou lousas interativas para aperfeiçoar a qualidade de ensino.

Assinar este feed RSS